Buscar Exame

 
Reação Business

Procedimentos para Exames

Acessar Requisição | Acessar Resultados


Forneça o nome (ou parte) do exame:


(Está opção realizará a busca pelo título e descrição dos Procedimentos.)

Setor Reação


Conheça nossa relação de exames

Enviar por e-mail

Imprimir


Nome:

ANTIBIOGRAMA (TESTE SENSIBILIDADE)

Última atualização:

08/02/2013

Informações de coleta:

ANTIBIOGRAMA (TESTE SENSIBILIDADE) [TSAM]

 

Palavras chaves

Cultura automatizada

Concentração Inibitória Mínima (MIC)

 

Condições

- Feridas superficiais (furúnculos, úlceras, fístulas, abscessos drenados, mordidas e picadas de animais, úlceras de decúbito), escarro, esperma, secreções geniturinárias, secreção nasal, secreção de nasofaringe, secreção conjuntiva, líquidos corporais e secreções diversas.

 

Volume recomendável

5,0 mL.

 

Coleta

- Secreção de nasofaringe: Coleta realizada através de procedimento médico.
- Secreção de orofaringe: Colocar luvas e máscara facial protetora. Colher, preferencialmente, antes do desjejum e da higiene oral. Usando foco de luz, abaixar a língua do paciente.Introduzir o swab diretamente na área da coleta , evitando tocá-lo em outras partes da boca.
- Nas coletas em feridas superficiais, sempre que possível remover secreção superficial com gaze estéril e soro fisiológico. Aspirar um pouco mais profundamente, por meio de seringa e agulhas estéreis. Mesmo que a coleta seja feita com swab, evitar a secreção superficial. Crostas e exsudados devem ser removidos, pois a amostra apropriada, está abaixo desse material. Inserir swab no meio de transporte Stuart e coletar duas lâminas para o Gram (apenas unidades IHP).
- Espermocultura: Fazer a semeadura imediatamente após a liquefação da amostra em ágar Chocolate (Thayer Martin, Chocolate VCAT3) e tioglicolato (apenas Unidades IHP) e enviar também a amostra "in natura". Para laboratórios conveniados basta apenas o envio "in natura".
- Secreção vaginal/endocervical/uretral: Inocular amostra no Stuart, proceder à semeadura em ágar Chocolate (Thayer Martin, Chocolate VCAT3) e tioglicolato e, para as Unidades IHP, colher duas lâminas para o Gram.
- Secreção conjuntival: As secreções oculares são normalmente escassas e o paciente deverá ser instruído a não lavar a região dos olhos antes da coleta. Se a secreção for muito intensa, evitar a coleta superficial. Nos demais casos, pedir ao paciente que olhe para cima, abaixe a pálpebra inferior e, usando um swab pequeno, colher dessa região (fundo de saco conjuntivo).
. Colher do olho especificado pelo médico. Quando não for especificado, colher separadamente de ambos os olhos afetados ou não e identificar os swaps ( O.D. e O.E.). Se apenas um olho estiver afetado colher somente dele.
- O envio de materiais "in natura" deve ser sempre feito em frasco esterilizado.
- Demais secreções: enviar em meio de transporte Stuart.

 

Conservação

- Esperma: enviar material "in natura" em frasco estéril refrigerado no prazo máximo de 48 horas.
- Secreções diversas e feridas superficiais: meio de transporte Stuart no prazo máximo de 48 horas. Enviar em temperatura ambiente preferencialmente no mesmo dia da coleta.
- Líquidos corporais: enviar em temperatura ambiente em frasco estéril o mais rápido possível.
- Escarro: enviar refrigerado entre 2 e 8 oC em frasco estéril o mais rápido possível no prazo máximo de 48 horas.
- Ponta de catéter: enviar em frasco estéril em no máximo 08 horas após a coleta. As amostras provenientes de laboratórios conveniados devem ser entregues no setor de Microbiologia no máximo até as 18:00 horas.

 

Marcação – Exame terceirizado – Liberada após as 19h00min horas.

-8 dias úteis


 

Voltar para o topo

+55 (48) 3279.0600

Grupo Reação - Apoio Laboratorial - Rua Francisco Tolentino, 23 - Palhoça - Grande Florianópolis/SC - CEP 88133-360

apoio@laboratorioreacao.com.br

www.tecmedia.com.br www.ezcuze.com.br/