Buscar Exame

 
Reação Business

Procedimentos para Exames

Acessar Requisição | Acessar Resultados


Forneça o nome (ou parte) do exame:


(Está opção realizará a busca pelo título e descrição dos Procedimentos.)

Setor Reação


Conheça nossa relação de exames

Enviar por e-mail

Imprimir


Nome:

COMPLEMENTO CH50

Última atualização:

05/11/2012

Informações de coleta:

CODIGO4 CH50
EXAME4 COMPLEMENTO CH50
SINÔNIMOS4 CH50
4CH 50
4Atividade total do complemento
4Complemento Total
MATERIAL4 SORO
METODOLOGIA4 IMUNOENSAIO ENZIMÁTICO
VOLUME4 1,0 mL
ROTINA4 SEGUNDA, QUARTA E SEXTA
PRAZO4 7 DIAS ÚTEIS
4EXAME TERCEIRIZADO - Liberação após as 19:00
iO prazo descrito acima passa a contar a partir do recebimento do material pelo laboratório que realizará o exame.
Considerar de 2ª a 6ª feira como dias úteis.
JEJUM4 Jejum obrigatório de 8 horas
COLETAi Apos a coleta de sangue, deixar a temperatura ambiente por 30 minutos, para coagular. 
Centrifugar por 10 minutos a 3000 rpm. 
Imediatamente, separar o soro e congelar. 
O material deve ser transportado congelado.
CRITÉRIOS REJEIÇÃOi Contaminacao Microbiana.
Amostra colhida em tubo com gel separador.
Amostra repetidamente congelada e descongelada.
 Amostra submetida a temperatura elevada
CONSERVAÇÃO4 Enviar congelado e em gelo o mais rapido possivel
COMENTÁRIOS4  
Teste que quantifica a atividade total do complemento serico (via classica). As proteinas do complemento aumentam em resposta a processos inflamatorios ou infecciosos (resposta aguda) e diminuem ou estao ausentes no hipercatabolismo, deficiencia hereditaria ou consumo por formacao de imunocomplexos (glomerulonefrites, lupus eritematoso sistemico, artrite reumatoide).
A avaliação laboratorial inicial de pacientes com suspeita clínica de deficiência de componentes da via clássica do sistema complemento é realizada por meio de um exame de triagem que avalia a atividade funcional desta via. Dependendo do método analítico empregado, o exame laboratorial utilizado para a avaliação da via clássica do complemento pode ser denominado de duas formas: CH50 ou CH100. O termo CH50 se refere ao método clássico da hemólise em tubo. O resultado do CH50 é o recíproco da última diluição do soro do paciente capaz de promover a lise de 50% dos eritrócitos de carneiro sensibilizados com IgG de coelho.
Já o termo CH100 se refere ao método de imunoensaio enzimático. Após a ativação da via clássica do complemento nas cavidades da microplaca, seus componentes terminais são revelados por anticorpos específicos conjugados a enzima. Está é a técnica atualmente empregada no Hermes Pardini. Os resultados qualitativos da atividade da via clássica em ambos os exames apresentam alta concordância. Em todos os casos citados , tem-se como objetivo a dosagem da Atividade Total do complemento ou dosagem de Complemento Total. Portanto, CH50, CH100 ou Complemento Total são formas distintas de se descrever um mesmo exame. Preservaram-se as nomenclaturas em função do número elevado de solicitações descrevendo os termos mais antigos (CH50 e CH100), além de permitir uma maior cobertura por parte das operadoras de saúde.
REFERÊNCIA4 
                                      Normal  : 60 a 144 U CAE
                                      Baixo    :      <  60 U CAE
                                      Alto       :     > 145 U CAE
                                                                            U CAE   : Atividade do complemento

 

Voltar para o topo

Grupo Reação - Apoio Laboratorial

+55 (48) 3279.0600 (Palhoça, SC)

Endereço SC: Rua Francisco Tolentino, 23 - Palhoça - Grande Florianópolis/SC - CEP 88133-360

+55 (15) 3035.8200 (Sorocaba, SP)

Endereço SP: Rua Professor Ruy Teles Miranda, 157 - Retiro São João - Sorocaba/SP

www.tecmedia.com.br www.ezcuze.com.br/