Buscar Exame

 
Reação Business

Procedimentos para Exames

Acessar Requisição | Acessar Resultados


Forneça o nome (ou parte) do exame:


(Está opção realizará a busca pelo título e descrição dos Procedimentos.)

Setor Reação


Conheça nossa relação de exames

Enviar por e-mail

Imprimir


Nome:

HPV, CAPTURA HIBRIDA

Última atualização:

15/11/2012

Informações de coleta:

CODIGO4 HPV
EXAME4 HPV, CAPTURA HÍBRIDA
IMPORTANTE: SOLICITAR KIT ESPECÍFICO PARA A COLETA
SINÔNIMOS4 Teste de Deteccao do DNA para HPV por Captura Hibrida.
Captura Hibrida para DNA do HPV
Papiloma Virus Humano, Captura Hibrida
PAP DNA, Pesquisa de HPV
Captura hibrida de 2ª geracao
MATERIAL4 DIVERSOS
Raspado de lesões ou raspado de região considerada suspeita: 
Colo uterino, vagina, vulva, região perineal, perianal, anal, pênis, glande, 
prepúcio, bolsa escrotal, cavidade oral, pele, Biopsia (colo uterino, vulva, 
pênis, ânus, etc.)
METODOLOGIA4 Captura Híbrida - (HC2 HPV DNA) - Digene
IMPORTANTE: SOLICITAR KIT ESPECÍFICO PARA A COLETA
VOLUME4 Variável
ROTINA4 SEGUNDAS E QUINTAS
PRAZO4 13 DIAS ÚTEIS
4EXAME TERCEIRIZADO - Liberação após as 19:00
iO prazo descrito acima passa a contar a partir do recebimento do material pelo laboratório que realizará o exame.
Considerar de 2ª a 6ª feira como dias úteis.
COLETA4  
Realizar a coleta usando-se exclusivamente o KIT especial (Digene). 
A coleta de Captura Hibrida deve ser realizada utilizando-se, exclusivamente, a escova própria do Kit especial (Digene). 
A utilização de outras escovas, que não seja a fornecida pelo kit Digene, comprometem a qualidade do exame. 
Descarregar o material no liquido conservante e Enviar a escova dentro do kit.
Efetuar a coleta com leve atrito da escova na região que se quer estudar (colo uterino, vagina, vulva, região perineal, pênis, cavidade oral), preferentemente nas áreas consideradas suspeitas. 
Inserir a escova no tubete imediatamente Após a coleta do material; quebrar a haste e fechar O tubete.
O liquido conservante nao deve entrar em contato com a mucosa, pois o mesmo é irritante. 
O material poderá ser colhido no laboratório. Para isso, é necessario a solicitação médica de Captura Híbrida com a descrição do local anatômico de onde deve ser colhida a amostra. 
Se houver necessidade da coleta de citologia na mesma consulta, esta deve ser realizada em primeiro lugar. 
Amostras de swab cervical devem ser coletadas antes da aplicação do ácido acético e iodo, no exame colposcópico (aguardar mínimo de 3 dias para coleta). 
Evitar contaminar a escova; a presença de sangue (não menstrual) ou conteúdo vaginal supostamente infectado não traz qualquer alteração no resultado.
Na coleta de material da pele, essa deve ser umedecida com soro fisiológico, raspada com lâmina de bisturi e a amostra deverá ser colocada dentro do tubete com o uso da escova. 
Na presença de lesões planas ou vegetativas, é importante coletar nas bordas das lesões. 
Em caso de biópsia, nao é necessário o envio da escova no tubete. 
Caso seja solicitado uma coleta única de varias regiões, procurar obedecer a seguinte ordem de coleta: 1-colo, 2-vagina, 3-vulva. 
 
INSTRUÇÕESi  Este exame pesquisa o HPV de alto e de baixo risco. 
 Minimo de 08 horas sem higiene local para coleta peniana, anal ou genitália externa feminina. 
 Se coleta uretral, permanecer 4 horas sem urinar. 
 Não estar menstruada. Aguardar 48 horas após o término da menstruação para realizar a coleta; 
 Nas 72 horas que antecedem a coleta: 
 Não fazer exame digital (toque) ou assepsia endovaginal; 
 Manter abstinência sexual; 
 Não usar creme/óvulo vaginal, ducha ou lavagem interna (endovaginal); 
 Não fazer ultrasom transvaginal ou colposcopia; 
 Não fazer peniscopia; 
CRITÉRIOS REJEIÇÃOi Ausência de brush (escova) nos tubos. 
iAmostras em formol.
iAmostras colhidas com escovas que não sejam a específica do kit Digene.
CONSERVAÇÃO4 Até 7 dias a temperatura ambiente
COMENTÁRIOS4  
Usado para diagnóstico e identificação de sorotipos do HPV; monitoramento em lesões do trato genital e região perianal. A principal indicação é a detecção de lesões pré-invasivas. Existem mais de 65 subtipos de papilomas, mas nem sempre a presença de HPV nas lesões progridem para neoplasias, podendo ficar latente por longo período. Algumas neoplasias associadas a HPV: neoplasia cervical intraepitelial, condiloma acuminata, carcinoma invasivo de cérvix, carcinoma de pênis, carcinoma vulvar e adenocarcinoma endocervical. Interpretação: a principal indicação do teste de Captura Híbrida para o HPV está na detecção precoce de lesões induzidas pelo vírus que poderiam levar a formação de um tumor (útero, vagina, vulva, pênis e ânus). O teste de captura híbrida detecta os 18 tipos mais comuns de vírus do papiloma humano (HPV) que infectam o trato anogenital, determinando com exatidão a presença ou não de DNA de vírus dos grupos de baixo risco (6, 11, 42, 43 e 44) ou de alto risco (16, 18, 31, 33, 35, 39, 45, 51, 52, 56, 58, 59, 68) de desenvolvimento de câncer. Estudos demonstram que a sensibilidade do exame de captura híbrida (1.0 pg/ml DNA-HPV ou 0,1 cópias/célula) é muito superior à apresentada pela hibridização molecular in situ (300 cópias/célula) e é similar àquela de outros testes mais demorados, que se utilizam de radioisótopos ou que manipulam o DNA, como a reação em cadeia da polimerase (PCR). Exames relacionados: citologia oncótica das secreções, biópsia, vulvoscopia
REFERÊNCIA4 Detectado  c     :        > 3,0 RLU/CO
Inconclusivo     :    Entre 1,0 e 3,0 RLU/CO
Não Detectado :        < 1,0 RLU/CO

 

Voltar para o topo

+55 (48) 3279.0600

Grupo Reação - Apoio Laboratorial - Rua Francisco Tolentino, 23 - Palhoça - Grande Florianópolis/SC - CEP 88133-360

apoio@laboratorioreacao.com.br

www.tecmedia.com.br www.ezcuze.com.br/